Wanessa Camargo e Zezé Di Camargo lançam primeiro clipe do álbum “Pai & Filha”

Written by on 20 de maio de 2022

A música escolhida para abertura da parte audiovisual do projeto foi “Daqui a 20 Anos”.

Nesta quinta-feira (19) Wanessa Camargo e Zezé Di Camargo lançam o primeiro clipe do projeto Pai & Filha, álbum que foi lançado em 2021. A música escolhida para abertura dos projetos audiovisuais foi  Daqui a 20 Anos e traz os dois artistas em algo íntimo, minimalista e emocionante.

Por coincidência ou não, 2022 marca os 20 anos de carreira de Wanessa e, depois de este tempo, é a primeira vez que faz um projeto com seu pai. Durante entrevista, a cantora e Zezé deram detalhes sobre o trabalho e a sensação de terem gravado juntos.

— Queríamos uma música inédita e sentimos que Daqui a 20 Anos tinha essa cara de ‘começo’. Pela linguagem de repertório e produção, é uma música que vem em uma crescente. Parece uma abertura de show. A escolha de música acontece pelo feeling, também. Não existe uma estratégia tão grande, na verdade vem pelo sentimento — disse Wanessa Camargo, sobre a escolha da música para o primeiro clipe.

Sem esconder o orgulho e a felicidade em participar deste projeto, Zezé Di Camargo brinca que essa canção foi escolhida “porque ela é maravilhosa”.

— Durante a gravação achamos que ela seria a mais impactante. Tem uma coincidência com os 20 anos de carreira da Wanessa. Tem toda essa analogia sobre daqui a 20 anos e olhando para 20 anos atrás. Quando se fala de uma relação de pai e filha, daqui a 20 anos, como vai estar? — fala Zezé.

— A música fala disso, mas também sobre família de uma forma amorosa. Nossa família vai ser linda porque eu e ela somos uma família. E se observar, essa canção encaixa no projeto de diversas maneiras — continua o artista.

Já sobre o estilo do clipe, Wanessa Camargo revela que seu pai deixou isso na sua mão e teve o aval para escolher como seria a produção. A cantora revela que os vídeos das músicas do grupo ABBA foram uma das referências para este primeiro vídeo do Pai & Filha.

— Queria trazer uma linguagem que mostrasse emoção e ao mesmo tempo algo de show. São luzes que até imitam as que usamos nos shows, algo meio televisivo. Vamos levar essa linguagem para os outros também, pois queremos algo moderno e clássico — fala.

Vindo de uma família musical e completando 20 anos de carreira, Wanessa não esconde que Zezé sempre foi uma referência e que é seu grande ídolo independentemente de ser seu pai.

— É um marco na carreira cantar com Zezé Di Camargo. Já tinha cantado outras vezes, mas esse álbum tem um tom especial. É algo para eternidade porque não é só uma participação no show, é algo grandioso.

Com os olhos brilhando de felicidade em falar sobre Pai & Filha, a cantora fala sobre o quão especial foi dividir cada momento de criação com o próprio pai e parceiro do projeto.

— Poder dividir a parte criativa, de escolha de repertório e produção, foi um sonho realizado. Não tem como dizer de outra forma. Espero que seja para vida toda e que ele me dê a oportunidade de fazer projetos com ele a vida inteira — explica.

— É um projeto que não precisa ter tempo porque é atemporal. O Pai & Filha é a nossa relação. Eu sou pai e ela é minha filha. Esse nome é proveniente da nossa condição, né? Acho que é atemporal porque independentemente da nomenclatura podemos fazer projetos juntos — pontua Zezé Di Camargo.

O cantor sertanejo também não escondeu a felicidade em dividir os vocais com Wanessa e brinca que essa é uma “responsabilidade muito grande”.

— Analiso a condição técnica de cada um e pra mim ela tem uma técnica espetacular. Isso me deixou com muita responsabilidade porque a ‘criatura está muito melhor que o criador’ — fala, aos risos.

— A única coisa que a gente ama acima de si próprio é filho e ele sempre vai estar à sua frente, melhor em qualquer condição. Inclusive, ali em cima do palco se ela for melhor fico feliz. Essa sensação de ‘explode, arrebenta’ é diferente quando é com filho — continua Zezé ao rasgar elogios para a filha.

Por mais que o projeto seja algo incrível para ambos, Wanessa relembra que quando começou sua carreira tentava ao máximo desvincular sua imagem de Zezé, pois ela não queria “se aproveitar” do sucesso do pai de alguma forma. Para este momento da sua carreira, ela entende que o álbum tem um lugar muito especial.

— Me sinto mais à vontade de cantar com ele sem me aproveitar de alguma forma. Naquela época, queria provar pra mim mesma e para todo o público que tinha capacidade de sustentar uma carreira por minha conta. Pelo talento, trabalho e todo esforço. Poder estar aqui falando com ele de igual para igual, no sentido de experiência e capacidade, e poder cantar junto, representa isso. O quanto o tempo é sábio e quando você se esforça, batalha e se dedica, as coisas se encaixam no lugar certo — fala.

Wanessa explica que evitou sempre  cantar com Zezé, mesmo morrendo de vontade de planejar algo com o pai, mas com todos esses pensamentos deixaram que o tempo fosse responsável pelo que seria melhor para eles.

— Sempre quis, mas evitei. Deixei que o tempo tivesse sua ação e  pudesse ter um lugar hoje para conseguir cantar com meu pai, porque já mostrei a minha história — conta.

Zezé tinha a mesma sensação e não queria que as pessoas pensassem que ele era um amuleto para Wanessa, e foi por esse motivo que eles demoraram para lançar algo juntos.

— Esperamos um tempo para cantarmos juntos até porque nem tinha como ficarmos juntos o tempo todo. Também deixamos que isso acontecesse naturalmente pra que ninguém pensasse que era algo forçando a barra. Só estamos fazendo algo que curtimos e amamos — diz Zezé Di Camargo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: GZHMUSICA


Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist