VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS VOLTA A CRESCER E IMPULSIONA MERCADO

Written by on 6 de junho de 2022

APÓS MESES EM QUEDA, A VENDA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS VOLTOU A CRESCER NO BRASIL, IMPULSIONADA PELA PÁSCOA E PELO CARNAVAL FORA DE ÉPOCA EM ABRIL. A RETOMADA FOI POSSÍVEL GRAÇAS AO ARREFECIMENTO DA PANDEMIA E, PARA A ECONOMIA DO PAÍS, REPRESENTOU UMA ALTA DE 5,2% NO SETOR DE BEBIDAS, CONTRIBUINDO TAMBÉM PARA QUE A PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCESSE EM ABRIL, SEGUNDO O INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE).

COM A PROXIMIDADE DO DIA DOS NAMORADOS, AS EXPECTATIVAS SÃO POSITIVAS PARA O SETOR E TODA A CADEIA, COMO BARES, RESTAURANTES E SUPERMERCADOS.

SEGUNDO LEVANTAMENTO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE SUPERMERCADOS (ABRAS), NA PÁSCOA, OS VOLUMES DE VENDAS DE VINHOS IMPORTADOS CRESCERAM 15,6% E DE CERVEJAS, 14,3%. O PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BARES E RESTAURANTES (ABRASEL), PAULO SOLMUCCI, AFIRMA QUE OS DONOS DOS ESTABELECIMENTOS ESTÃO NOTANDO UMA MELHORA GRADUAL E CONTÍNUA AO LONGO DOS ÚLTIMOS TRÊS MESES.

“EM JANEIRO E FEVEREIRO, TIVEMOS A ÔMICRON E AS PESSOAS CONTINUAVAM EM CASA, COM MEDO DA CONTAMINAÇÃO. COM O PASSAR DOS MESES, AS COISAS FORAM MELHORANDO E NÓS VIMOS ESSE CRESCIMENTO PROPORCIONAL NA VENDA DAS BEBIDAS. E EM ABRIL, TANTO A PÁSCOA, QUANTO O CARNAVAL ACONTECERAM EM UM MOMENTO DE REABERTURA E DO FIM DE TODAS AS RESTRIÇÕES, ENTÃO TIVEMOS UMA GRANDE RETOMADA DO MOVIMENTO NOS BARES, NO COMÉRCIO EM GERAL”.

DE ACORDO COM DADOS DA ASSOCIAÇÃO, A VENDA DE CERVEJAS CAIU 20% EM JANEIRO E EM FEVEREIRO EM RELAÇÃO AOS MESMOS MESES DO ANO PASSADO. EM MARÇO, FOI IDENTIFICADA UMA ALTA DE 5% E EM ABRIL, A TENDÊNCIA É QUE HAJA UM CRESCIMENTO AINDA MAIOR.

“GERALMENTE, ESSA DATA É A QUE MAIS VENDEMOS BEBIDAS, DE MAIOR FATURAMENTO, PORQUE AS PESSOAS COMEMORAM AO LONGO DE TODO O DIA, DE MANHÃ ATÉ A NOITE, DIFERENTE DOS OUTROS FERIADOS, QUE COSTUMAM SER CELEBRADOS DURANTE O ALMOÇO”.

PARA GILBERTO BRAGA, ECONOMISTA DO IBMEC RJ, O AUMENTO SE DEVE PELO FIM DAS RESTRIÇÕES LIGADAS AO COMBATE À COVID-19: “A QUEDA DAS REGRAS DE DISTANCIAMENTO, DO USO DE MÁSCARAS, ESTIMULOU A VOLTA DAS ATIVIDADES PÚBLICAS, A CONFRATERNIZAÇÃO ENTRE AS FAMÍLIAS E COM ISSO, O CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS”.

DE ACORDO COM A PESQUISA INDUSTRIAL MENSAL – PRODUÇÃO FÍSICA (PIM-PF), PUBLICADA NESTA SEXTA-FEIRA (3) PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE), O SETOR DE BEBIDAS FOI O QUE MAIS CRESCEU EM ABRIL DESTE ANO. COM ALTA DE 5,2%, O SEGMENTO CONTRIBUIU PARA O CRESCIMENTO DE 0,1% DA INDÚSTRIA BRASILEIRA EM RELAÇÃO A MARÇO, QUANDO HOUVE AUMENTO DE 0,3%.


Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist