Pocah relembra relacionamento abusivo: “Achei que eu fosse morrer”

Written by on 12 de agosto de 2021

Pocah foi convidada a ocupar uma das poltronas do “Papo de Segunda” nesta segunda-feira (9), programa de debates do Gnt, comandado por Fábio Porchat e com João VicenteEmicida e Francisco Bosco. A cantora conversou sobre diversos assuntos, mas emocionou os telespectadores ao relatar um relacionamento abusivo que viveu no passado.

A funkeira foi vítima de violência doméstica e sofreu diversos abusos de um ex-relacionamento, como compartilhou no programa.

“Eu vivi muitos anos com essa pessoa e eu comecei a namorar muito nova, aos 16 anos. Esse relacionamento ele é completamente conturbado, era infernal pra mim e para quem estivesse ao meu redor, pra minha família, para os meus amigos, era terrível. Eu via o quanto era tóxico e as pessoas falavam o quanto era tóxico. E eu tentava, de todas as formas, me livrar daquilo. As pessoas falam ‘mas porque que você aguentou tanto tempo?’, é porque quando você está num relacionamento tóxico não é só você falar ‘sai, hein, tchau. Valeu. Beijo’. Não é assim”, disse Pocah.

“Havia agressões físicas, verbais, psicológicas, manipulação e envolvia uma coisa que eu tenho muito, que eu prezo demais, que é o meu temor a Deus. Tenho uma relação com Deus muito grande, Deus é sagrado na minha vida e essa pessoa usava a minha fé”. Pocah relatou que, após descobrir traições, era vítima de agressões e impedida de deixar a relação. “Ele dizia que estava sendo usado pelo diabo, que não era ele, e que aquilo era o testemunho das nossas vidas”.

“Eu achei que eu fosse morrer”.

A cantora disse que só conseguiu sair da relação quando sua filha nasceu.

 

 

Fonte: POPline


Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist