Luisa Sonza e Marilia Mendonça devem popularizar “feat após lançamento” no Brasil

Written by on 29 de agosto de 2021

Como assim, do nada, uma versão nova de “melhor sozinha” com Marilia Medonça? Não seria mais natural Luísa Sonza ter convidado Marilia para a versão original ou gravar uma inédita? Tem muitos fãs recebendo com estranheza essa novidade, mas a gente explica!

Na gringa, músicas que são hit em potencial ganharam remixes com artistas gigantescos nos últimos anos, semanas após o lançamento. A prática, que ainda não é muito comum no Brasil, ajudou “Despacito” do Luis Fonsi a se tornar um fenômeno histórico após remix com Justin Bieber.

Já J. Balvin viu sua carreira chegar a um patamar global após um remix inesperado com Beyoncé em “Mi Gente”Doja Cat também dominou os charts pela primeira vez, após anos na cena alternativa do hip hop, com a força da Nicki Minaj em uma nova versão de “Say So”.

The Weeknd, por exemplo, lançou um remix com participação especial para cada single do álbum “After Hours”. Rosalía e Ariana Grande foram alguns dos nomes recrutados, o que ajudou a manter as músicas novas – mesmo após tanto tempo do álbum lançado.

Além do sucesso de popularidade desses remixes, é importante pensar que foi também essa estratégia que rendeu a Megan Thee Stallion seus primeiros Grammys. A versão remix de “Savage”, com Beyoncé, foi a indicada ao Grammy e ganhou dois troféus na premiação.

 

 

Fonte: POPline


Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist