DaBaby, enfim, se desculpa por homofobia e sorofobia

Written by on 9 de agosto de 2021

Após uma série de perdas contratuais, DaBaby escreveu um texto no Instagram pedindo desculpas pelos comentários homofóbicos e sorofóbicos que fez tanto na Internet quanto em um show em Miami. Ele disse que foi culpa de sua falta de informação, mas também aproveitou para reclamar do “cancelamento” que sofreu.

“As redes sociais andam tão rápido que as pessoas querem te destruir antes de você ter a oportunidade de crescer, se educar, e aprender com seus erros. Como um homem que construiu seu caminho vindo de muitas circunstâncias difíceis, ter pessoas que eu conheço trabalhando contra mim – sabendo que eu precisava de orientação e educação nesses tópicos – tem sido desafiador. Eu aprecio as muitas pessoas vieram até mim com gentileza, que me abordaram privadamente para oferecer sabedoria, educação e recursos. É o que eu precisava e recebi. Eu quero me desculpar com a comunidade LGBTQ+ pelos comentários dolorosos e desencadeadores que eu fiz. De novo, me desculpo por meus comentários ignorantes sobre HIV/AIDS e sei que instrução é importante. Amor a todos. Deus abençoe”, escreveu.

Durante um show no Rolling Loud Festival, em Miami, no dia 25 de julho, DaBaby disparou: “se você não apareceu hoje com HIV, AIDS ou qualquer uma dessas doenças sexualmente transmissíveis, ligue a lanterna do seu celular. Rapazes, se vocês não estão chupando um … no estacionamento, liguem a lanterna do seu celular”.

Em seguida, DaBaby apareceu no Instagram para se explicar. Disse que sua performance no show foi distorcida e avaliada fora de contexto em um vídeo de seis segundos. Mas voltou a fazer um discurso discriminador.

“Mesmo meus fãs gays, eles não têm a porr* da AIDS, seus idiotas. Eles não têm AIDS. Meus fãs gays se cuidam. Eles evitam isso. Não são gays nojentos. Não são viciados. Meus fãs gays têm classe. Eles não são babacas em um estacionamento. Você tem que pegar um quarto. Um bom, em um hotel cinco estrelas. Até meus fãs gays têm padrões”, disparou.

Artistas como Dua Lipa, Elton John, Anitta, Demi Lovato, Ariana Grande e Madonna se pronunciaram sobre o caso, recriminando as falas do rapper. Em seguida, ele lançou um clipe, novamente controverso, tratando da AIDS com descuido.

Fonte: POPline

Tagged as

Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist