Bomba! Voz nos álbuns da Britney pode ser de outra cantora

Written by on 25 de junho de 2021

Como se já não bastasse tudo que o mundo descobriu na quarta (23/6), mais uma bomba estourou nesta quinta. Cheyene, que foi melhor amigo e funcionário de Miley Cyrus, acusou o empresário de Britney Spears de contratar outra cantora para gravar as músicas da Princesa do Pop. Isso tudo sem conhecimento da Britney. Cheyene fez a denúncia pelo Instagram.

“Estou vendo tudo isso sobre Britney e me fez lembrar de uma conversa escrota da qual fiz parte com alguns dos seus empresários. Para contexto: eu trabalhei para Miley e elas dividiam empresário, então passamos muito tempo juntos. Basicamente, a conversa era seu escritório dizendo que eles levaram outra cantora para regravar as músicas da Britney depois que ela já tinha gravado. Aquela que vocês ouvem nos álbuns não é a Britney, e nem ela sabe disso. Eu espero que ela seja capaz de se livrar de pessoas assim, que a usam para fazer dinheiro para si mesmos, enquanto controlam sua vida inteira mentindo para ela e manipulando-a. Eu espero que ela encontre essa informação e que seja útil para sua luta”

Em 2013, durante a era “Bangerz”,Miley Cyrus assinou contrato com Larry Rudolph para cuidar de sua carreira. Larry é o mesmo empresário de Britney Spears – contra quem a Princesa do Pop fez acusações graves no tribunal na quarta. Por conta da proximidade, Britney até participou do álbum “Bangerz”.

No mesmo ano de “Bangerz”, Britney Spears lançou “Britney Jean” – anunciado como o álbum mais pessoal de sua carreira. Provavelmente, é sobre os vocais desse disco que Cheyene fala.

Durante seu depoimento de 20 minutos, Britney Spears disse à juíza que seu empresário esqueceu que trabalha para ela. A cantora revelou que ele exerce papel fundamental em puni-la durante a tutela, e que ele e sua família deveriam estar na cadeia.
“Eu estava em turnê em 2018. Fui forçada a fazê-la. Meu empresário disse que, se eu não fizesse a turnê, teria que encontrar um advogado. Meu próprio empresário poderia me processar, se eu não seguisse com a tunrê. Ele me entregou uma folha de papel quando saí do palco em Las Vegas e disse que eu tinha que assiná-la. Foi muito ameaçador e assustador”

Fonte: POPline


Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist