Written by on 21 de fevereiro de 2022

Uma bebê nasceu, neste domingo (20/2), em um ponto de apoio montado pela Prefeitura de Petrópolis (RJ), cidade tomada pelo luto após a morte confirmada de 155 pessoas por causa dos deslizamentos e enchentes na última semana. A recém-nascida levou alegria, esperança e vida ao cenário de devastação.

Registrada com o nome Ana Alice, a pequena nasceu às 8h42 na Escola Paroquial Bom Jesus e chamou a atenção de moradores acolhidos no local por causa da tragédia.

Grávida de nove meses, Giovana Cerqueira, de 19 anos, chegou ao ponto de apoio por volta das 7h30 para avisar a sua mãe, que é avó da bebê e está abrigada no local, sobre as fortes contrações na barriga por causa do período final da gestação.

Logo em seguida, a equipe médica do posto de saúde, que atuava no ponto de apoio da escola, foi chamada e examinou Giovanna.

“Ela estava tendo contrações fortes. Acionamos a Defesa Civil, que chamou a ambulância, mas não deu tempo. A bebê nasceu aqui mesmo. Foi a coisa mais emocionante que vi na vida”, contou a diretora da escola, Renata Zacharsk.

Renata contou que o nascimento da bebê deixou todas as pessoas emocionadas. “Ela [Giovana] não estava abrigada na escola, só a mãe dela. Foi um momento muito emocionante para todos aqui”, ressaltou a diretora.

O parto foi feito pela equipe do posto de saúde que estava no ponto de apoio, segundo a enfermeira Tatiana Jardim Costa. “Eu e a mãe dela a colocamos no chão, e eu falei: ‘Faz força’. Logo já vi a cabeça da bebê, e ela nasceu. Foi lindo”, disse a profissional.

Após o parto, Giovana e Ana Alice foram levadas pelo Samu de ambulância para o Hospital Alcides Carneiro (HAC), em Corrêas. As duas passam bem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Metrópoles

Tagged as

Reader's opinions

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.



Current track

Title

Artist